Pages Navigation Menu

Dicas, truques e técnicas culinárias pra você se virar na cozinha

AdSense

Aprendendo a cozinhar

Aprendendo a cozinhar

Um dos meus 2 ou 3 leitores, Bruno, escreveu com uma dúvida:

“Gostaria de fazer um curso de cozinha mas a minha vida não me permite devido á profissão que exerço.”

Certo, Bruno, sofremos do mesmo problema. Apesar do blog, das vendas (bem reduzidas) de produtos aqui na lojinha e da experiência no Bar do Neca, eu também aprendi a cozinhar por conta própria. Para quem não tem tempo, mas tem disposição, o truque é o mesmo em quase qualquer atividade: estudar, testar e registrar.

Escolha os livros certos

É sempre possível fazer um ou outro curso avulso na sua cidade. Se você mora numa cidade realmente pequena, escolha a cozinheira mais famosa (aquela de mão cheia) e se ofereça para ajudar na cozinha, de vez em quando.

Se você não consegue frequentar um curso regularmente, precisa aprender da melhor maneira possível. Isso se faz escolhendo bem as suas leituras. Mas se você realmente for novo no ramo, é bom escolher as suas prioridades. Então, vou dividir 4 dos meus livros favoritos em categorias, com links para cada um.

Dicas e truques

Le Cordon Bleu – Todas as Técnicas Culinárias: Eu estou escrevendo uma série neste blog sobre tudo que estou aprendendo a partir desse livro. Ele tem tudo sobre formas de preparo e métodos, mas não é tão forte assim nas receitas (apesar de algumas deliciosas).

30 Minutos e Pronto: Aprenda a preparar 50 refeições completas em 30 minutos. Esse livro tem técnicas básicas e elaboradas, mas ensina vários truques e faz com que você impressione os amigos e se sinta um ás na cozinha 30 minutos por dia.

Receitas de mestre

Mastering the Art of French Cooking: Este aqui está em inglês, mas é indispensável em qualquer boa biblioteca. Contém centenas de receitas e dicas de alta cozinha francesa para a pessoa comum. Se você fizer 10 dessas receitas, já estará um patamar acima dos seus amigos.

Tudo e Mais um Pouco: Em 2 volumes, também traz receitas que vão do simples ao elaborado, mas cuidadosamente explicadas. Tem a vantagem de ter sido escrito por um jornalista e não um chef formado, então o cuidado com a clareza do texto ajuda muito ao novato.

Eu poderia continuar essa lista, mas isso aqui é apenas para dar um pontapé inicial. Eu já postei aqui algo sobre a minha própria biblioteca, que já cresceu um bocado de lá para cá. É só ficar de olho na tag Livros aí do lado.

Teste o que aprendeu

Cozinhar exige prática. Não se aprende apenas com os livros. A gente aprende fazendo. Não há outra forma de cozinhar senão dentro da cozinha. Portanto, crie o hábito de cozinhar regularmente. Deixe de pedir pizza às terças ou ir para o boteco nas quintas e dê um pulo no mercado, antes de ir para casa. Compre algumas cervejas, também. Você vai se sentir mais relaxado (e seu bolso vai agradecer).

No início, é meio delicado. Você terá que submeter não apenas você mesmo, mas alguém que você preza à tortura de provar o que você preparou. Sempre sairá salgado de mais, ou sem sal; tostado ou cru; ensopado ou esturricado. Não se acanhe. Aprenda a rir de si mesmo e volte a tentar o mesmo prato.

Depois de ganhar um pouco de confiança, chame seus amigos. Torture-os também. A maioria das pessoas adora comer e vão aceitar o convite de bom grado. Com o tempo, eles vão passar a se convidar para ir à sua casa e descobrir o que você anda testando.

Tenha um registro

O fundamental para aprender qualquer coisa é a disciplina. Se você não tem aulas regulares, precisa ter uma forma de registrar o que está aprendendo. Eu uso este blog que você está lendo. Outras maneiras são um caderno ou um diário. O mais importante é você anotar regularmente suas impressões sobre o que fez.

Eu tenho um caderno de receitas e o levo para aulas avulsas e faço anotações sobre as receitas que copio de revistas ou crio. Acho que é uma das maneiras de me manter interessado no que estou fazendo.

Pronto, Bruno. Aí estão minhas 3 dicas para você começar a cozinhar de verdade: estude mesmo que sozinho, pratique o que leu e mantenha suas anotações. Seguindo essas dicas, você vai sair do zero bastante rápido. Desejo sucesso e benvindo à cozinha!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Ocioso

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!

Adsense